Flacidez pós-parto

Flacidez....png

Hormônios e Gestação

Se você é gestante, puérpera ou quer engravidar, já sabe que com todas as delícias da maternidade vem no pacote as alterações no corpo e organismo.

Conforme conversamos algumas semanas atrás, é preciso cuidar da sustentação das mamas (Sutiã de Amamentação: dicas) como fator importante para diminuir a flacidez nos seios após o período de amamentação.

Na gestação como um todo, devido aos hormônios, ganhos de peso e modificações do corpo o colágeno e a elastina sofrem alterações rompendo-se contribuindo para a flacidez e estrias.

Todo esse estica e puxa da gestação, não só nos seios, mas no corpo como um todo necessitam de ajuda para voltar ao tônus.

Em relação aos seios, sustenta-los é fundamental no dia a dia, nas atividades físicas e até na hora de dormir! Hábitos alimentares saudáveis e não fumar contribuem para uma pele saudável.

Para o corpo como um todo, ativar a vitamina D nos horário de sol aceitável e praticar atividade física são essenciais para melhorar e garantir o tônus muscular.

Tratamentos

Muitas mulheres apesar de tudo, optam por cirurgias plásticas após o nascimento do filho. Contudo, nós temos aliados importantíssimos nesse processo além de uma cirurgia. Para flacidez, por exemplo, temos a radiofrequência, um equipamento que gera energia e forte calor sob as camadas mais profundas da pele estimulando a produção de colágeno. Pode ser aplicada na face ou no corpo (abdome, coxas, glúteos).

Além deste, também utiliza-se a carboxiterapia, um equipamento que libera COmedicinal e irá atuar na microcirculação local e formação de novas fibras colágenas. Traz ótimos resultados em flacidez de mama. O procedimento pode ser realizado também para gordura localizada, celulite e estrias, que são algumas das queixas pós gestação.

Outro aliado para tratar a flacidez, são os cosméticos. Durante e pós gestação é essencial a aplicação de produtos que irão promover revitalização tecidual e restabelecer o equilíbrio biológico celular. Alguns dos ativos que são permitidos para gestantes e pós parto com amamentação para este fim, são: DMAE, ácido hialurônico, raffermine, coenzima Q10, óleo de amêndoa doce etc.

Há outras possibilidades de tratamento para flacidez, como a intradermoterapia, onde há a aplicação de forma injetável das substâncias como: colágeno, DMAE, d-pantenol, elastina entre outros.

Portanto, há diversas opções no mercado de tratamentos estéticos não invasivos como a cirurgia plástica, e que trazem ótimos resultados. A Zarin está preparada para atendê-la nessas necessidades, agende uma avaliação gratuita.

Vem aí…Só Para Gestantes 2ª Edição

Muita informação Só pra você, GESTANTE!

Mãe Na Moda

Diante do gigante sucesso em 2016, preparamos mais uma edição do evento Só Para Gestantes, mais uma oportunidade dessas mamães terem uma manhã só para elas com o objetivo de troca de experiências, dicas, dinâmicas, sorteios de brindes incríveis e um delicioso café da manhã.

Sabemos que a gravidez não é somente a preparação para a tão aguardada chegada do bebê, mas também é o momento da futura mamãe se autoconhecer. Por isso, com o objetivo de proporcionar esse aprendizado, promoveremos, dessa vez em Indaiatuba, a 2ª edição do evento Só para Gestantes.

logo

Ver o post original 56 mais palavras

Ofereço uma mama ou as duas?

ofertar-1-ou-as-2-mamas

Estrutura da Mama

Bom, para começar essa discussão é importante lembrar que o seio materno é uma fábrica de leite, ele não é um estoque! Isso significa que se não houver sucção efetiva não há produção adequada. Mas, Bruna então por que meu peito fica cheio se ele não é um estoque?
Durante a sucção do bebê há liberação de hormônios rápidos (ocitocina que ejeta o leite) e hormônios mais lentos (prolactina que produz leite) e o cérebro que atua nesse processo não difere que nesse momento é a mama direita que está tendo o estímulo, dessa forma ele envia os hormônios para a corrente sanguínea e eles atuarão nas duas mamas, porém uma já está sendo esvaziada, a outra sofrerá os efeitos (ficar cheia) tardiamente.

Continuar lendo

Sutiã de Amamentação: dicas

sutia-deyou

Sutiãs disponíveis em http://www.maenamoda.com.br

 

Na Gravidez

Durante a gestação já é sabido que o corpo sofre alterações hormonais constantes e que semana a semana uma novidade surge.

Ao longo do crescimento do bebê você perceberá que seus seios também aumentarão, dessa forma você precisará comprar números diferentes de sutiã ao longo das 40 semanas de gravidez. A quantidade de sutiã varia muito de mulher a mulher, algumas precisam comprar a cada trimestre, outras utilizam alargadores até um período e depois comprar outros maiores no fim da gestação, essa dinâmica que envolve principalmente custos (investimentos) é com o seu bolso!

Continuar lendo

Histórias de sucesso de 2016

capa-face-patrocinado

Amamentação

Não poderia deixar de fechar o ano de 2016 com os relatos dos atendimentos que realizei, dos amigos que fiz, das famílias que me acolheram de portas abertas, das glórias que vivenciei em cada pequena e grande conquista.

Sem dúvida que esse ano fui acionada, principalmente, para acompanhar mamada, corrigir pegas inadequadas, aliviar a dor de um seio machucado e ser o apoio e o suporte que as mulheres necessitam nesse período pós-parto de amamentar.

Tive o imenso prazer de ver um pequeno guerreiro que ficou 20 dias internado na UTI neonatal aprender a sugar o seio sem intermediário (bico de silicone) por 20 minutos pela primeira vez!

Continuar lendo

Por que pensar no períneo?

easy-dishes-tomake-for-your50th-birthdaydinner-party

O Períneo

É o conjunto de músculos que na mulher começa na vulva até o ânus e no homem começa na bolsa escrotal até o ânus. Esses músculos sustentam a bexiga, útero, reto, uretra, vagina e ânus, são responsáveis por conter a urina e as fezes, além de ser importante na sexualidade e reprodução.

Se são músculos significa que você pode desenvolvê-los, exercitá-los e favorecer o fortalecimento do assoalho pélvico, certo? Continuar lendo

Acabou a licença maternidade e agora?

retorno-ao-trabalho

Eu costumo dizer que para algumas pessoas a maternidade é o período em que você se descobre a pessoas mais medrosa do mundo e também a mais poderosa. Durante a gravidez você tem medo do novo, após o nascimentos é o medo de não estar fazendo o certo e ao retornar ao trabalho medo de deixar seu bebê e não ser tão boa quanto deveria.
Muito provavelmente, faltando um mês (ou até mais) para seu retorno a sua mente já estará a mil, sofrendo por antecipação, porém você pode aproveitar dessa ansiedade e preparar-se, então vai soar clichê, mas respira, pare e pense! O que é que você consegue resolver agora, hoje, nesse exato momento?  Sim, eu quero que você responda a essa pergunta: o que é que você consegue resolver hoje, nesse momento em relação ao seu retorno ao trabalho? Continuar lendo